Português

Assinadas ordens de serviço para iniciar obras nos campi do Pici, Benfica e Sobral; algumas estavam paradas desde 2013

2 de março de 2021

Uma das prioridades para a atual gestão da Universidade Federal do Ceará, o plano de concluir obras paradas e realizar outras há tempos demandadas pela comunidade acadêmica segue em curso. Em solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (1º), no Gabinete do Reitor, foram assinadas as ordens de serviço para dar início a cinco obras nos campi de Fortaleza e Sobral, algumas delas interrompidas desde 2013.

Participaram do encontro o reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque; o superintendente de Infraestrutura e Gestão Ambiental, Everton Parente; o superintendente-adjunto de Gestão Ambiental, Eduardo Palheta; o coordenador de Projetos e Obras da Superintendência de Infraestrutura e Gestão Ambiental (UFC-INFRA), Renato Guerreiro; a diretora de Obras da UFC-INFRA, Aline Sampaio; a diretora de Estudos e Projetos da UFC-INFRA, Lara Lima; e representantes das construtoras contratadas: Cristiano Gurgel, da IGC Empreendimentos Imobiliários; Galdino Neto, da PROJECON Projetos e Construções; Ramon Prado, da Ferrara Serviços de Construções; Pedro Randal, da IRMEC Construções, e Fúlvio Rolim, da Consducto Engenharia.

A solenidade é um encaminhamento de duas etapas posteriores – a assinatura do contrato das empresas com a Universidade e a publicação dos vínculos no Diário Oficial da União (DOU). O montante investido pela UFC nas cinco obras foi de aproximadamente R$ 7.370.000,00.

No Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, serão realizadas as seguintes obras: 1) conclusão do prédio do Laboratório de Eficiência Elétrica em Força Motriz (LAMOTRIZ), orçada em R$ 470.281,17; 2) reforma de vestiários e fachadas do Instituto de Educação Física e Esportes (IEFES), cujo custo será de R$ 594.651,35; e 3) conclusão do bloco do Departamento de Engenharia de Produção, estimada em R$ 1.637.225,81.

No Campus do Benfica, será realizada a obra de adaptação de edificações e adequação do entorno de prédios e áreas de circulação de pessoas do campus, visando a uma maior acessibilidade para pessoas com deficiência. Nela, a Universidade está investindo R$ 1.928.821,35.

No Campus da UFC em Sobral, o bloco da Faculdade de Medicina, localizado no bairro Derby, terá o pavimento térreo reformado, com reforço das fundações. A obra está orçada em R$ 2.738.403,78.

Durante as assinaturas, o Prof. Cândido Albuquerque deu as boas-vindas às empresas contratadas e frisou a questão da transparência. “Tenho certeza que todas estas obras atenderão nossas necessidades administrativas e acadêmicas, e o contato com vocês será constante. Todos os nossos contratos são públicos. Nossos painéis estratégicos foram considerados, pela Controladoria Geral da União (CGU), um exemplo a ser seguido para todo o Brasil”, disse o dirigente máximo, reforçando a importância de uma mudança de mentalidade com relação ao patrimônio público. “A coisa pública, muitas vezes, é tratada como ‘coisa de ninguém’ neste País. E essa é uma cultura que nos esforçamos para mudar. Se é um bem público, uma obra pública, todos somos responsáveis pelo zelo e fiscalização”, defendeu o reitor.

As informações sobre essas e outras obras da UFC podem ser acessadas no painel “Orçamento”, no site dos Painéis Estratégicos da UFC.

Fonte: Portal da UFC