Português

Conheça a comissão responsável pelo consumo eficiente de energia elétrica na UFC

16 de maio de 2016

Consumidores de cinco estados nordestinos, incluindo o Ceará, estão desembolsando mais na hora de pagar a conta de energia elétrica. Com aumento autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no último mês de abril, cerca de 3,4 milhões de unidades consumidoras no Ceará estão pagando a mais 13,7% para residenciais e 11,51% para as indústrias. 

Segundo a Agência e a Companhia Energética do Ceará (Coelce), a mudança leva em consideração a variação de custos associados à prestação de serviço e a aquisição e transmissão de energia elétrica. 

Com reflexo direto nas residências e indústrias, o aumento tarifário também impacta no cotidiano acadêmico. 

Ao mesmo tempo que é registrado um aumento no consumo de energia da UFC, principalmente em virtude da expansão da Universidade Federal do Ceará em todo o estado, conforme demonstrado em comparação do biênio 2015-2016 (figura 1), é possível notar um grande impacto financeiro (figura 2) devido aos sucessivos aumentos tarifários de 2015 e 2016.

CICE   grfico1

CICE   grfico2

Segundo o coordenador de conservação de energia, Fabrício Leite, cerca de 95% do consumo de energia da UFC está na modalidade Tarifária Horosazonal Verde, composta com valores diferenciados de acordo com o horário do dia (na ponta e fora de ponta).

ENTENDA MELHOR – O horário de ponta (17h30min – 20h30min),responsável por 30% do valor financeiro da fatura mensal da UFC, é cerca de quatro vezes maior que o valor da tarifa fora da ponta (00h00min – 17h30min e 20h30min – 23h59min). A diferença tem como objetivo estimular o deslocamento de parte da carga para os horários em que o sistema elétrico estiver menos carregado, ou seja, fora de ponta. Logo, estudos incentivam as ações que pretendem evitar o consumo de energia elétrica nesse período, desde que não prejudique o andamento das atividades.

CICE grafico3

 No gráfico, percebemos que a unidade Campus do Pici  representa mais que 50% do consumo total da UFC, observamos também o potencial de economia que podemos alcançar nos horários fora das atividades. Cerca de 25% da demanda máxima é mantida de forma constante, inclusive aos finais de semana.

UFC CONSCIENTE – A fim de diminuir o impacto nos cofres públicos em relação aos gastos de energia, a Superintendência de Infraestrutura da UFC (UFC Infra) vem realizando ações educativas para conscientização da comunidade acadêmica sobre o gasto de energia elétrica através da Comissão Interna de Conservação de Energia (CICE).

Composta por representantes de todas as unidades acadêmicas e administrativas, a CICE objetiva a proposição, a implementação e o acompanhamento de medidas deefetivas de utilização eficiente de energia, estimula a conscientização e mudança de hábitos para a prática do consumo consciente, além de se aliar ao uso de tecnologias mais eficientes para tal fim são o foco.

Confira abaixo algumas ações da CICE:

– Acompanhamento e controle das faturas de energia (demanda e estrutura tarifária);
– Divulgação de orientações sobre consumo consciente à comunidade acadêmica;
– Divulgação e transparência dos dados de consumo de energia;
– Modernização do sistema de iluminação e de condicionamento de ar;
– Orientação para elaboração de projetos e compras de equipamentos mais eficientes;
– Instalação de sensores de presença e fotocélulas;
– Implantação de equipes para limpeza de filtros de ar condicionado;
– Designação de responsável para cada bloco, que são agentes fiscalizadores das ações da CICE;
– Implantação de projetos contemplando o uso de fontes alternativas de energia.

PRATICIDADE – Agora que você já conhece o papel e a atuação da comissão, listamos abaixo algumas dicas práticas para pôr em prática o consumo consciente e melhorar o ambiente da nossa Universidade:

– Priorize a iluminação natural;
– Desligue as luzes dos ambientes quando não estiverem em uso;
– Mantenha janelas e portas fechadas em ambientes condicionados;
– Desligue o ar condicionado em ambientes que fiquem longo tempo desocupados e 15 min antes de sair;
– Defina a temperatura do ar condicionado entre 22 e 26 °C;
– Manter acionado o Modo Economia de Energia do computador.

Baixe o aviso sobre conscientização no uso de energia (PDF 65 KB).

SUGESTÕES – Encaminhe sugestões de melhores práticas no uso de energia elétrica paracce@ufcinfra.ufc.br

Fonte: Coordenadoria de Conservação de Energia – Fone: (85) 3366 9549