Português

Portaria regulamenta funcionamento de atividades acadêmicas e administrativas da UFC; suspensão de algumas atividades segue até 27 de setembro

21 de setembro de 2020

ATUALIZADO EM 21/09/2020 – A Universidade Federal do Ceará prorrogou, até 27 de setembro, a suspensão das atividades acadêmicas presenciais, referentes às aulas teóricas de graduação e pós-graduação de todos os cursos. A Portaria nº 139, que regulamenta o funcionamento da UFC no atual contexto da pandemia de covid-19, foi assinada pelo reitor, Prof. Cândido Albuquerque, na última sexta-feira (18).

Seguem autorizadas as atividades acadêmicas práticas e os estágios dos cursos de graduação e de pós-graduação, para concludentes e não concludentes, nos modelos presencial, remoto ou híbrido, desde que sejam respeitados os protocolos de biossegurança gerais e específicos.

De acordo com a portaria, atendimentos presenciais ao público só estão autorizados presencialmente em caso de imperiosa necessidade, a critério do reitor, pró-reitores, diretores ou superintendente respectivo das unidades acadêmicas e administrativas. Os ônibus intercampi continuarão sem funcionar no período, entretanto, a UFC INFRA deverá estudar um plano para a retomada gradual do serviço de transportes para alunos respeitando todas as condições de biossegurança.

O retorno presencial de pessoal técnico-administrativo não está mais vinculado unicamente à execução do Plano Pedagógico de Emergência (PPE), ou seja, as chefias de setores administrativos e acadêmicos estão autorizadas a definir a necessidade de retorno presencial do pessoal para execução das atividades administrativas da respectiva unidade, obedecidas às regras e recomendações expedidas pelas autoridades sanitárias e às determinações contidas no Protocolo de Biossegurança aprovado pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da UFC.

Confira a íntegra da portaria para verificar os demais serviços mencionados. Veja também a matéria completa no Portal da UFC.

Fonte: Gabinete do Reitor da UFC – E-mail: greitor@ufc.br

Marcadores: